RSS

Arquivo mensal: junho 2012

Elvis e o “love me tender” – a canção que você escuta por tabela

Elvis, ah Elvis. O arrebatador de corações nos anos 1950. Aquele que todas as mães o “desejavam” como genro (é mesmo?), e deixava os rapazes com inveja. Ah Elvis… Quem nunca já ouviu “love me tender” por tabela em um casamento ou até mesmo numa declaração de amor? Culpa do Elvis.

O “galanteador” (ai, muito adjetivos) nasceu em 8 de janeiro de 1935, na cidade de East Tupelo, Estados Unidos. Antes da fama, fazia uns bicos por aí, desde lanterninha (existe ainda essa profissão?) a caminhoneiro. Então, para matar o tempo, cantava na estrada (ok ok, eu acho que ele fazia isso como “ensaio”), e rebolava nos postos de gasolina antes de seguir viagem (algo que requer muito treino e técnica)… Novamente, eu acho!

Após ter a inspiração da música gospel americana, um pouco de R&B e uma pegada country, Elvis gravou algumas músicas entre 1953 e 1954, e partir disso, o “rei do rock” (como ficou conhecido), começou a surgir. “Blue Moon Of Kentucky” foi seu primeiro single de sucesso (como é dito nos dias de hoje). “That’s All Right”, “Louisiana Hayride”, “Mystery Train”, “Baby, Let’s Play House”, e “I Forgot To Remember To Forget” começaram a influenciar os bailinhos da época.  Depois disto, chegou à fama (até filmes ele protagonizou).

Em meados anos 1960, lançou um disco com a pegada mais gospel da carreira: “How Great Thou Art”, que consquistou até um Grammy. No mesmo período, casou-se com Priscilla Beaulieu, e na década seguinte, divorciou. A partir deste “momento em sua vida”, os transtornos chegaram (até engordou!)

No dia 15 de agosto, após ele ter ao banheiro para ler (uma leitura matinal), aconteceu  um mistério. O corpo do cantor foi encontrado duas horas depois que ele foi pro “troninho” pela sua namorada na época, Ginger Alden. Dizem que a causa da morte foi colapso fulminante associado à disfunção cardíaca, todavia, muitos discordam do motivo.

Outros principais sucessos de Elvis foram:

“Hound Dog”, “Don’t Be Cruel”, “Love me Tender”, “All Shook up”, “Teddy Bear”, “Jailhouse Rock”, “It’s Now Or Never”, “Can´t Help Falling In Love”, “Surrender”, “Crying In The Chapel”, “Mystery Train”, “In The Ghetto”, “Suspicious Minds”, “Don’t Cry Daddy”, “The Wonder Of You”, “An American Trilogy”, “Burning Love”, “My Boy” e “Moody Blue”.

****

Ah, Elvis… S2

Quadro - Elvis

Até a redatora já mandou beijos para o Elvis (seu lindo!)

 

 

 

 

 

 

 

 

Há quem acredite que Elvis esteja vivo! Isso mesmo, “tirando um sarro da nossa cara”, ou indo em shows de “tributo ao Elvis” para assistir seus fãs a imitá-lo. Ou, quem sabe, fazendo um freela de final de semana e cantando “Love me tender” (quem disse que você não ouviria “Love me tender” por tabela?).

S2

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 19 de junho de 2012 em Primórdios do Rock

 

Tags: , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: