RSS

Arquivo mensal: julho 2012

Dia do orgasmo

Hoje é dia do orgasmo. Pra homenagear esse dia que amanheceu tão lindo, só pra alguns, fizemos uma lista com os 6 maiores pegadores da história do rock.

 

6. Paul Stanley guitarrista e vocalista do Kiss

 

5.  Gene Simmons vocalista e baixista do Kiss

4. Keith Moon baterista do The Who

3. A polêmica Courtney “Crazy” Love

2.Tommy Lee baterista do Motley Crue

1. O primeiro lugar é do super pegador Mick Jagger

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de julho de 2012 em Batalha Notícias

 

Tags: , , , , ,

A invasão inglesa

O cenário musical inglês andava bem agitado nos anos 60. A visita de alguns dos astros americanos da primeira geração do rock, desencadeou no surgimento de 350 bandas “amadoras” na terra da rainha.

Considerada uma banda revolucionária, os “Fab Four” desembarcaram nos EUA em 1964 e mudaram o comportamento da geração dos anos 60 com suas letras marcantes e um visual totalmente fora dos padrões.

Das baladas pop ao rock psicodélico trabalhados de maneira inovadora, os Beatles se tornaram a banda mais popular da história do rock.

Depois que a Beatlemania se alastrou feito praga, o rock inglês conquistou de vez os corações na terra do Tio Sam.

Em 1965, o top 10 anunciava uma outra banda como principal representante da invasão inglesa:

Com 50 anos de carreira, The Rolling Stones é uma das mais antigas bandas ainda na ativa.

Apaixonados por Blues e Rock n’roll, os Stones se lançaram como uma banda de R&B em 1962.

Uma curiosidade: segundo Jagger, a música Sympathy for the devil  foi inspirada por uma visita a um centro de candomblé na Bahia.

Muitas outras bandas marcaram esta fase e entraram pra história na batalha do Rock inglês por reconhecimento.

The Who formada em 1964

The Yardbirds que teve em sua composição músicos como Eric Clapton, Jeff Beck e Jimmy Page.

Led Zeppelin, formada em setembro de 68.


Pra finalizar, The Animals! \m/

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de julho de 2012 em Invasão Inglesa e os anos 70

 

Tags: , , , , , , ,

Batalha Notícias | Morre Jon Lord, tecladista do Deep Purple

E a morte leva mais um do rock and roll. Jon Lord, tecladista do Deep Purple, nos deixou aos 71 anos vítima de embolia pulmonar. O músico também sofria de câncer no pâncreas.

Para quem não sabe, Lord foi um dos fundadores do Deep Purple, umas das mais importantes bandas do chamado “rock progressivo”. Seus “riffs” nos teclados influenciou muitos daqueles jovens que aprenderam a tocar guitarra, como “smoke on the water” (que também ajudou na composição da letra) e “Child of Our Time”.
R.I.P Jon Lord

Crédito – Deep-Purple.net

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de julho de 2012 em Batalha Notícias

 

Tags: , , ,

Impressões sobre o Kiss Classic Rock Festival

Toda vez que alguém me convidava pra um show de banda cover eu pensava que seria no máximo divertido. Nada se compara ao original, isto é fato. A qualidade nunca era das melhores e não era diferente de qualquer outro show em rock bar. A companhia  sempre empolgava mais que o show, e era só por ela que eu ia.

No ultimo dia 13, dia mundial do rock, a cidade de São Paulo e eu fomos presenteadas com um espetáculo inesquecível.

Foram quatro bandas representando sua devoção pelo rock clássico.

A primeira a subir ao palco foi a brasileira, Love Gun. A banda homenageou o Kiss com uma apresentação razoável. Estavam bem caracterizados mas só empolgaram o público quando tocaram Rock n’roll all night.

A segunda banda foram os argentinos do The End, cover oficial de Pink Floyd. De arrepiar. A qualidade é impressionante, um show sensacional do começo ao fim.

A terceira apresentação ficou por conta dos italianos do U2 Zen Garden. Assim como o Love Gun, estavam muito bem caracterizados. Se não me dissessem que era cover, eu acreditaria que o vocalista era o próprio Bono.

A quarta, última e totalmente sem palavras. Foi a apresentação, dos também argentinos, God Save the Queen.

Sem sombra de dúvidas o melhor show de todos. Do visual à performance absolutamente tudo é fidedigno ao quarteto britânico.

No repertório da banda, somente os mais famosos clássicos do Queen.

Confesso, que “Love of my life” por pouco não me arrancou lágrimas.

Minha conclusão sobre tudo isso?

Se é pra fazer cover, que seja argentino. Os caras mandaram muito, muito bem.

 

Tags: , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: