RSS

Arquivo da categoria: Eu fui, vi, ouvi e acho que…

Resolvemos abrir um espaço no Batalha pra contarmos as experiências que tivemos, e teremos, neste universo Rock n’Roll.

Psycho Peppers no Café Aurora

Sábado é dia de sair da toca. E a parada obrigatória da vez foi o Café Aurora, no Bixiga. A casa é ótima. Ambiente rústico, duas opções de palco e excelente atendimento. Como uma banda toca no intervalo da outra, você não perde nada. É pra sair esgotado mesmo!
O som ficou por conta das bandas Kashmir e Psycho Peppers.

_kashmir

Imagem: Divulgação

Com um repertório recheado de grandes clássicos do rock, a banda Kashmir subiu ao palco e agitou o público da casa. Os caras deram uma escorregada na letra de Aerials, do System of Down, mas compensaram com uma apresentação espetacular de Bohemiam Rhapsody, do Queen.

psychooo

Imagem: Divulgação

Mas quem surpreendeu mesmo foram os caras do Psycho Peppers – banda cover de Red Hot Chili Peppers, na ativa desde 2006.

Mesclando grandes clássicos com os novos sons dos Chili Peppers, a banda fez uma apresentação espetacular, digna de cover oficial. A animação do vocalista Alan Simaro contagiou o público e manteve o show no alto o tempo todo.

foto
Pra quem é fã de Red Hot e tá afim de conferir os Psycho Peppers, só clicar http://bit.ly/PsychoPeppers

 

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 19 de agosto de 2013 em Eu fui, vi, ouvi e acho que...

 

Tags: , , , , , ,

Clássicos do Futuro

kiss_fm

Foi ao ar hoje o primeiro “Clássicos do Futuro”, novo programa da rádio Kiss FM de São Paulo. A nova aposta da emissora, que se tornou referência quando o assunto é rock n´roll, promete apontar os futuros grandes clássicos do rock. O programa conta com a apresentação de Marcelo Andreassa e vai ao ar de segunda a sexta, às 15h.

Como uma fã louca pela Kiss é óbvio que acompanhei o primeiro programa na íntegra.

Não se iluda ou fique triste pensando que vai ouvir as novas “bandas dos últimos tempos da última semana”. O que deu pra sentir é que vamos ouvir os velhinhos de sempre com os seus novos sons. O que é lindo!

Minha modesta opinião? O programa já é sucesso e certamente vale a audiência!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de fevereiro de 2013 em Eu fui, vi, ouvi e acho que...

 

Tags: , , , , ,

São Paulo Rock 70

Pra quem tá de bobeira em São Paulo a boa pedida é o projeto “Sonoridades São Paulo Rock 70”. Além dos shows que vão rolar durante os meses de janeiro e fevereiro, o projeto também conta com uma exposição de fotos revelando os momentos marcantes da história do Rock Nacional nos anos 70.

Confira a programação completa no site do SESC Belenzinho: http://bit.ly/10sSZLf

Rita Lee - 1977 - Refestança - Rita Lee e Gilberto Gil

Vale lembrar que a exposição é gratuita e você ainda conta com uma sala especial cheia de puffs para relaxar ao som de Novos baianos, Raul Seixas, Mutantes, Secos e Molhados, Casas das Máquinas, entre outros.

Os fones e iPods são individuais, então você não corre o risco de ouvir o que não quer.

Rock on!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de janeiro de 2013 em Eu fui, vi, ouvi e acho que...

 

Tags: , , , , , , , ,

A volta da rádio rock

radio rock

Com a volta da rádio rock, 89FM, pro dial de São Paulo, impossível não lembrar dos velhos tempos de Street Rock no Parque do Ibirapuera.

Se você tem entre 25 e 30 anos hoje, provavelmente se lembra dos porres de vinho barato e das tardes de domingo ao som de inúmeras bandas independentes. O preço do ingresso era 1 kg de alimento. Quer maneira mais barata de se consumir Rock n´Roll quando a única renda que você tem é a do sutiã?

Claro que as coisas mudaram e hoje em dia eu não ousaria botar o pé naquela zona. Mas vale sempre lembrar do que foi bom um dia e fez da gente o que somos hoje.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de janeiro de 2013 em Eu fui, vi, ouvi e acho que...

 

Tags: , , ,

Impressões sobre o Kiss Classic Rock Festival

Toda vez que alguém me convidava pra um show de banda cover eu pensava que seria no máximo divertido. Nada se compara ao original, isto é fato. A qualidade nunca era das melhores e não era diferente de qualquer outro show em rock bar. A companhia  sempre empolgava mais que o show, e era só por ela que eu ia.

No ultimo dia 13, dia mundial do rock, a cidade de São Paulo e eu fomos presenteadas com um espetáculo inesquecível.

Foram quatro bandas representando sua devoção pelo rock clássico.

A primeira a subir ao palco foi a brasileira, Love Gun. A banda homenageou o Kiss com uma apresentação razoável. Estavam bem caracterizados mas só empolgaram o público quando tocaram Rock n’roll all night.

A segunda banda foram os argentinos do The End, cover oficial de Pink Floyd. De arrepiar. A qualidade é impressionante, um show sensacional do começo ao fim.

A terceira apresentação ficou por conta dos italianos do U2 Zen Garden. Assim como o Love Gun, estavam muito bem caracterizados. Se não me dissessem que era cover, eu acreditaria que o vocalista era o próprio Bono.

A quarta, última e totalmente sem palavras. Foi a apresentação, dos também argentinos, God Save the Queen.

Sem sombra de dúvidas o melhor show de todos. Do visual à performance absolutamente tudo é fidedigno ao quarteto britânico.

No repertório da banda, somente os mais famosos clássicos do Queen.

Confesso, que “Love of my life” por pouco não me arrancou lágrimas.

Minha conclusão sobre tudo isso?

Se é pra fazer cover, que seja argentino. Os caras mandaram muito, muito bem.

 

Tags: , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: